Mia Couto,o criador de mundos. – Resenha Analítica.

Primeiramente eu quero agradecer ao DESEA por ter colocado esse livro na lista dos obrigatórios,não tanto pela quantidade enorme de polêmicas abordadas nele,mas sim por alguns detalhes expressados pela fala e pelos comportamentos de alguns personagens que nos permitem relacionar Jesussalem com países do mundo real. O livro sobre o qual eu vou falar nesse … Continue lendo Mia Couto,o criador de mundos. – Resenha Analítica.

A morte de Baleia – Vidas Secas (Jornada UERJ part03).

Todos aqueles que já se aventuraram a ler essa obra de Graciliano Ramos muitas vezes comentam entre si somente sobre esse único estágio do livro,e todos aqueles com quem eu conversei antes de começar a ler esse livro disseram que essa é sem dúvida a parte mais triste do livro, e nesse texto apesar do meu grande amor por cachorros e apesar de eu entender muito bem o vínculo estabelecido entre a família de retirantes e aquele frágil animal,eu venho aqui me atrever a dizer que não chorei pela morte de Baleia,mas que senti em mim toda angústia reunida em Fabiano quando compreendi as razões dele e me deixei levar pelas condições centrais da história.

A “Docialização” dos Fabianos no Brasil – Jornada UERJ parte 03

O Verbo Docializar para mim se definiria como: Tornar dócil,passivo,obediente e submisso o indivíduo. Tal verbo não existente nos dicionários de nossa língua eu produzi através de uma leitura sobre o conceito de Corpos Dóceis que é descrito pelo filósofo Foucault por uma fórmula simples: "o corpo dócil é tão obediente quanto produtivo.

Gota D’água – Chico Buarque de Holanda e Paulo Pontes.| Primeira Análise.

Gota D’água é um ensaio sobre o rumo trágico que muitas vidas tomam a partir de cada impasse ocorrido e o livro que prova que as mazelas do local em que você vive, se alojam em seu coração e com a dor lá elas ficam até que outros ao verem a tua ruína festejem ou banalizem.

A Busca pela Identidade.

É você? É você?pergunta a mulher em voz alta ao ouvir o marido entrando em casa. Mas ele,que há anos não se procura,não tem hoje resposta segura para lhe dar.Sai devagar, fecha a porta com cuidado. Voltará de madrugada,quando ela,dormindo, não o confrontar com a pergunta. Marina Colasanti. Há quanto você não se procura?Me responda … Continue lendo A Busca pela Identidade.

Hora De Alimentar Serpentes Análise parte 01.

E começamos com esse prólogo: Enfiou a serpente na agulha e começou a costurar. Vou tentar fazer uma análise o mais completa possível da minha primeira leitura do livro,começando pela sinopse e pela ficha técnica e encerrando com as minhas primeiras considerações sobre os primeiros contos presentes na obra.🏷SINOPSE:Seguindo a trilogia já publicada, Marina Colasanti … Continue lendo Hora De Alimentar Serpentes Análise parte 01.