Eu sempre gosto de ler sobre o que outras pessoas fariam caso um apocalipse zumbi estivesse mesmo a ponto de acontecer, não me criei fã de Resident Evil ato a, e essa coletânea me encheu da nostalgia de tudo de bom que os primeiros lançamentos desse jogo tinha a oferecer. Criaturas monstruosas, deformadas, com super força, super velocidade. E ainda me deu o bônus de que pelo menos duas delas tinham consciência, os heróis e vítimas são muito diversos em todos os sentidos, as alegorias ao Brasil dos últimos anos funcionam perfeitamente bem, e ainda tem uma facilidade de prender o leitor com várias narrativas em diferentes tons, com um dos finais mais bem amarrados que eu já li.

Leria, e provavelmente irei ler de novo. Pretendo escrever sobre cada um dos contos individualmente ao longo da semana que vem, para não dizer que não vi defeitos, o livro merecia um sumário melhor, eu gostaria que houvesse um vislumbre sobre como o restante do mundo reagiria ao ver o Brasil como culpado da infestação do vírus causador do apocalipse zumbi. Mas isso é mania minha de sempre querer mais quando encontro uma boa história, vou listar meus contos favoritos abaixo: -Visco derramado ; -O que se esconde no fundo; Olhai e vigiai e por último (por coincidência também o ultimo da coletânea) -Aromático. No fim das contas esse livro me pegou de várias maneiras, eu senti medo, nojo, tristeza, angústia e raiva em vários níveis, fico muito feliz de saber que nele estão envolvidas pessoas que vivem no mesmo estado e país que eu vivo, e também muito feliz de saber que agora conheço trabalhos tão bons de autores que moram muito longe e mesmo assim abraçaram o meu programa, e a mim me tornando muito próxima deles.
Nota 10, obrigada editora quimera por fazer essa publicação acontecer, eu precisava desse livro e muita gente ainda vai precisar dele.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.